Quem Somos

Observatório do Legislativo Brasileiro (OLB) tem por objetivo produzir informações e análises qualificadas acerca do comportamento dos parlamentares no Congresso Nacional, e assim subsidiar as escolhas eleitorais dos cidadãos e a incidência política de organizações da sociedade civil e movimentos sociais. O OLB leva em conta somente as ações concretas dos parlamentares que dizem respeito à tramitação e aprovação de políticas públicas. Nossas análises não se baseiam na susposta posição ideológica do parlamentar, ou em informações acerca de sua frequência na casa, ou mesmo de seu envolvimento em denúncias de corrupção.
O OLB é produto da colaboração entre o Núcleo de Estudos sobre o Congresso (NECON) e o Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), ambos do IESP-UERJ. Com o emprego de uma metodologia testada que leva em conta as ações mais essenciais dos legisladores dentro do Congresso (relatoria de projeto, emenda, discurso, voto, etc), o OLB produz rankings dos deputados em relação a temas candentes do debate público. Dessa maneira, pretendemos reduzir a assimetria informacional entre as grandes corporações, de conhecido e privilegiado acesso ao poder público, e os cidadãos, organizações da sociedade civil e movimentos sociais que almejam participar com maior efetividade do debate político no país.
Os instrumentos e serviços aqui disponibilizados visam, portanto, a aperfeiçoar os mecanismos de participação e deliberação da vida democrática brasileira.

FABIANO GUILHERME MENDES SANTOS

Coordenador do Núcleo de Estudos sobre o Congresso (NECON), possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986), mestrado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (1990) e doutorado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (1994). Presidente da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) de 2008 a 2012. Atualmente é professor/pesquisador da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Instituto de Estudos Sociais e Políticos – IESP). É editor associado da Journal of Politics in Latin America. Foi membro do Conselho de Redação de DADOS – Revista de Ciências Sociais no período de 2006 a 2009. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em instituições políticas brasileiras e em perspectiva comparada.

JOÃO FERES JR.

Coordenador do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), possui graduação em Ciências Sociais e mestrado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (1988 e 1997) e mestrado e doutorado em Ciência Política pela City University of New York, Graduate Center (1998, 2003). Foi professor de ciência política do IUPERJ de 2003 a 2010 e da UNIRIO de 2010 a 2012. É, desde 2010, professor de Ciência Política do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), da UERJ. É também coordenador do Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (GEMAA) e do Observatório das Ciências Sociais (OCS). Trabalha atualmente com os seguintes temas: mídia e esfera pública, mídia e eleições, teoria política, políticas de ação afirmativa, relações raciais, teoria do reconhecimento e teoria da história conceitual.

JÚLIO CANELLO

Doutor e Mestre em Ciência Política pelo IESP-UERJ, onde é Pesquisador Sênior no Núcleo de Estudos sobre o Congresso (NECON), realizando Pós-Doutorado. Foi pesquisador visitante no Massachusetts Institute of Technology (MIT) e aluno na Universidade de Harvard. É também Especialista em Pensamento Político Brasileiro pela UFSM, onde cursou Ciências Sociais e Direito. Possui experiência em análise de dados, estudos legislativos e comportamento judicial. Sua pesquisa já foi premiada nacional e internacionalmente (ANPOCS, ALACIP, Comparative Political Studies).

LEONARDO MARTINS BARBOSA

Doutorando do programa em pós-graduação de ciência política do IESP-UERJ e pesquisador júnior do NECON. Estuda partidos políticos e sistema partidário brasileiro, com ênfase na inserção do PT no sistema político nacional. Tem graduação e mestrado em história, quando estudou história política contemporânea do Brasil.